Personagem transgênero na DC comics.

Se eu vi muita gente bravo e tomando dores pelo Lanterna verde original ser gay, vou ter orgasmos múltiplos com a nova orientação da colega de quarto da Batwoman, que além de transgênera é também bi, sendo assim, homem que virou mulher, mas que namora homem e mulher. Infelizmente as pessoas perdem tempo querendo entender isso, não existe o que entender, o que existe é aceitar, cada pessoa tem seu gênero e sua orientação sexual.

 

Ponto para a DC, ela está se redimindo neste quesito.

Matéria do universohq.com:

 

DC Comics revela personagem transgênero em Batgirl # 19

Por Samir Naliato   Siga Samir Naliato no Twitter   | 11-04-2013

Batgirl # 19

A revista Batgirl # 19, que conta com roteiros de Gail Simone e arte de , foi lançada ontem nos Estados Unidos causando uma grande repercussão na mídia. O motivo é a revelação de que Alysia Yeoh, personagem com a qual a heroína divide o apartamento e cuja primeira aparição se deu em Batgirl # 1(setembro de 2011), revelou ser transgênero e bissexual.

De acordo com a DC Comics, esta seria o primeiro transgênero a aparecer em uma revista popular de super-heróis.

A inspiração de Simone veio de uma conversa com o escritor Greg Rucka (um dos responsáveis pela criação da nova Batowman, que, nas histórias, é abertamente homossexual), há alguns anos, na convenção WonderCon. “Olhei para o público e vi dezenas de rostos, muitos deles LGBT, e todos leitores ávidos de quadrinhos. Daí me questionei o motivo de não falarmos mais sobre o assunto e representarmos melhor essa parcela dos nossos leitores”, revelou durante entrevista ao site Wired.

A autora apresentou a proposta para o editor Dan DiDio, que aprovou a ideia. “Pensei que teria que fazer uma grande defesa da proposta, mas ele apenas parou, me perguntou como isso afetaria a história da Barbara Gordon, e aprovou imediatamente”, revela.

Para ela, a diversidade é um assunto muito importante para ser abordado nos quadrinhos de super-heróis. “Nós temos um problema que outras mídias não possuem. Quase todos os principais personagens da indústria foram criados há mais de 50 anos, e não podemos ficar nos baseando apenas nos conceitos daquela época”.

A diversidade de opção sexual tem sido um tema que vem ganhando bastante espaço nos quadrinhos ultimamente, com a DC e Marvel sendo bem abertas sobre o assunto. Na DC, além da Batwoman, e o Lanterna Verde da Terra 2 também é gay. Já na “Casa das Ideias”, o herói mutante Estrela Polar se casou com seu parceiro.

 

Batgirl # 19Batgirl # 19Batgirl # 19

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: