Drops from Underground 2.

Graphic Novels Marvel - 1

Meses depois da primeira edição, continuo aqui o giro dos quadrinhos que vale a pena comprar nas bancas. Peço desculpas mais uma vez pela minha ausência. É que fui demitido, e com isso tive que atualizar várias pendencias aqui em casa, não sobrando tempo para nada. Somando uma casa quase inundada por uma infiltração devida a chuva, estou agora de volta ao blog.

Vou continuar comentando a iniciativa da Panini de publicar edições clássicas da Marvel em edições de luxo a um preço convidativo, queria ver isso acontecer com a DC também, o jeito é esperar.

A um preço de 29,90 reais, a cada 2 semanas chega nas bancas uma dessas edições, depois de focar por algumas edições os Vingadores, Capitão América e Thor, agora a coisa realmente começou a ficar interessante, primeiro com a publicação de “A última caçada de Kraven” de J. M. DeMatties, também autor da liga da justiça cômica, ele dá uma profundidade autentica ao Kraven, inspirado nas obras de Dostoievski, usa até uma narrativa parecida, o próprio confirma nos comentários do álbum.

Seguido de Marvels, de Kurt Busiek e Alex Ross, uma graphic novel responsável de levar as HQs a um novo patamar, com a pintura realista de Alex Ross, temos as principais histórias da Marvel sobre a ótica de um jornalista. A coleção em si vale a pena para introduzir os leitores ao universo Marvel por um preço muito baixo.  O ponto baixo sem dúvida é a falta de divulgação das historias a ser publicadas, no site não há muita atualização, sabemos que as próximas edições serão “Guerras secretas” e “Demolidor: A queda de Murdock”, histórias que recomendo, sem dúvidas.

crowd - amazonas

Outra novidade é a edição de inicio de Planetary. Sem dúvidas, uma das grandes criações dos quadrinhos, melhor trabalho de Warren Ellis, é uma homenagem ao século passado, a arte de John Cassaday é primorosa, e ajuda a gente entender alguns atrasos que a HQ sofreu para chegar a conclusão. Se você leu e gostou, se prepare, pois a qualidade do Roteiro e da Arte aumenta a cada edição. Também por um preço convidativo de 19,90 Reais, apesar da capa cartonada, vale muito a pena.

Agora custando 19,80 Reais, mas contendo 2 edições em uma só e sendo lançada a cada 2 meses, Júlia, Aventuras de uma Criminóloga ainda sobrevive nas bancas. A revista com certeza perdeu muitos de seus leitores, descontente com o trabalho da Mythos, que ainda por cima, por questões de erro logístico, trouxe a edição 100 em preto em branco, sendo que os mesmos editores haviam prometido uma edição em colorido, meses atrás. Dentro do universo Bonelli, é natural a cada 100 edições de seus clássicos quadrinhos em Preto e Branco, uma ser colorida. Agora para anteceder imprevistos, os quadrinhos são lançados a cada 2 meses com o dobro de páginas, e consequentemente o dobro de preço. A estratégia, alem de anteceder o valor caro do quadrinho, serve para segurar o preço, já que por estar apenas a ca2 meses na banca, o custo de sua logística é diminuído.

Mas incrivelmente Júlia continua vendendo bem, isso devido a suas ótimas histórias e a qualidade do roteiro e da arte, como já falei diversas vezes.

Enfim, a Mythos, apesar de ser uma boa editora, pisa na bola as vezes e decepciona pelo alto preço de seus produtos, é só você ver os preços cobrado pelas edições históricas de Hellboy.

julia_kendall

Anúncios

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: