79e63c396361962ad0dea232bc768579.jpg

Sim, eu comecei a assistir Girls, decidi ver alguns episódios com minha esposa e quando nós dois percebemos, já estávamos na quinta temporada.

Pensei um bocado sobre resenhar essa série, afinal, ela é polêmica por si só. É considerada por uma parcela de feministas como não inclusiva pois em seis temporadas não tivemos personagens negros de destaque, além de linguagem ofensivas para mulheres, como: cunt, bitch etc.

É complicado falar da série ignorando esses dois fatos, mas não sou mulher e também não sou negro. Vamos cair na real: cerca de catorze por cento da população americana é negra, é pouco? Se comparado com o Brasil, sim. Porém temos outro fato, a série se passa no Brooklin, então não é só faltar com representação como com a identidade cultural de um dos bairros mais famosos do EUA. Fica explicito essa hipocrisia comparado com séries como todo mundo odeia o Chris, aonde a mitologia urbana de Bed-Stuy faz parte da série. Talvez se olharmos pelo angulo em que Brooklin quase ganha vida com a série de Chris Rock isso atenue um pouco. Mas vamos lá, estamos na sexta temporada e até agora só vi dois personagens negros ganhar algum destaque. O primeiro ainda era republicano.

Quanto aos palavrões, acredito que por próximo que seja os personagens da vida real, muitas palavras são proferidas em momentos que os personagens estão estourados, não tem muito o que falar.

Apesar desses problemas, Girls tem o selo HBO, o que fez todo diferencial, duvido que em uma AMC Lena Dunham teria liberdade que vemos na série, o enredo e o roteiro é o ponto forte da série, com um começo morno, logo eu estava torcendo pela Hannah, e apesar da série ter algo que não gosto muito (com exceção de Shoshana e Ray) que é o fato dos personagens serem escrotos o tempo todo em seus relacionamentos, amigos e parentes, chegando a alguns momentos surreais, a maneira que temas para pessoas de minha idade (27 anos) são tratados é excelente. Todos personagens são dependentes financeiramente dos pais, apesar de terem alcançado seus quase 30 anos, faz parte dessa nossa geração “MILLENAILS”.

zosia-mamet

Citei Shoshana e o Ray acima e este são disparados meus personagens favoritos, a temporada em que ela está no Japão é engraçadíssimo e o Ray só não seria um personagem melhor porque ele é gente boa e ao mesmo tempo reclamão demais, porém os dois dão uma quebra na escrotice dos personagens e eu acredito que o meu ponto favorito na série é quando um personagem que é escroto o tempo recebe o karma e alguém é mais escroto ainda com ele.

Outro personagem que eu gosto é o Adam, talvez mais pelo ator simpático do que pelo personagem (que já foi de obsessivo compulsivo com relacionamentos a obsessivo compulsivo por bebês, mas tudo bem) teve um plano de fundo forçado – alcoólatra em recuperação desde o início da série o que é desnecessário e foi criado apenas para dar alguma profundidade ao personagem que estava perdido no roteiro, para vocês terem ideia essa questão foi jogada no vendo, mas nunca realmente abordada. Também tem outras questões forçadíssimas como: casais apaixonados que se traem em pouquíssimo tempo, casamentos que são desmanchados em poucos episódios e algumas subtramas com pouca profundidade.

Ah, e tem o Jeremiah, talvez um dos melhores personagens, pau a pau com a Shoshana

Mas no geral a série é boa, não cansa muito, tem excelente trilha sonora. Mas na minha opinião, depois de seis temporadas, nenhuma das personagens femininas adquiriu uma característica forte ou notável. Digo, eles até tentaram com a Hanna em diversas partes, mas falharam, das quatro – Hanna, jessa, Marnie e Shoshana, apenas a última é memorável.

Hanna é engraçada, mas deixa a desejar na personalidade fraca da protagonista. Marnie, que começou muito bem, praticamente ficou apagada, e Jessa, bom, Jessa é uma escrota.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: