Fargo 3ª Temporada – Tá ruim e tá bão

17498638_1012217652245409_1325377021198535022_n.jpgAtenção, contém spoilers sobre a trama! Não ligo se você se importa sobre isso ou não. Adoro spoilers e ler sobre séries, esse é um espaço de debate, então seja bem vindo para ler, comentar, criticar, deixar sua observação. Mas não diga que eu não avisei.

Adorei a primeira temporada de Fargo, tensa, com mortes o tempo todo e um desfecho positivo, diferente de alguns dos filmes dos irmãos Coen que inspiraram a série. Fiquei contente como tudo se desenvolveu, mas ainda tenho ressalvas do quanto de inspiração que a primeira temporada pegou dos filmes dos irmãos Coen, algumas partes pareciam ter saído dos filmes, tamanho similaridade

Já a segunda temporada teve um problema de desenvolvimento em seu início, e eu conheço muita gente que não aguentou chegar até a metade dela, até hoje quando falo sobre a série, algumas pessoas que não tiveram saco para continuar falam “nossa, fargo, aquela série chata que não se desenvolve!”. Geralmente, não falo nada, mas tadinhos gente. Digo isso porque quando a série engrena, é uma sucessão de: 1 – Mortes, 2 – Cenas que faz seu coração apertar e doer de tanta tensão, 3 – Momentos Kristen Dunst ( que foi injustiçada no Globo de Ouro – prêmio de melhor atriz foi para Lady Gaga) e 4 – Aliens!

Logo de cara a segunda temporada se distanciou do filme e da primeira temporada não utilizando apenas o tempo, por se passar nos anos 70, mas também pela inclusão de algo inédito na série, FUCKING ALIENS! Enfim, não tem muito o que falar neste momento porque o songo mongo aqui perdeu a chance de comentar a série na época, agora não tenho todas as lembranças claras e quero falar sobre a terceira temporada, que estreou em Abril e logo logo deve acabar.

Vamos lá: Fargo, 3ª Temporada se passa em 2010, e logo de cara trás um dos chamarizes das outras temporadas: O elenco topperson de linha, Ewan Mcgregor embarangado para fazer o papel de dois irmãos com problemas de relacionamento – nota 10 para a maquiagem, Carrie Coon como a chefe de polícia que trabalha dentro de uma biblioteca que também funciona como delegacia, Mary Elizabeth Winstead, atriz de Scott Pillgrim e Rua Cloverfield, David Thewlis, o eterno Lupin de Harry Potter ótimo como o vilão da série.

Logo de cara, o ritmo da terceira temporada joga um banho de água fria nos espectadores: Não vai ter matança tão cedo, o que não é ruim, pois todos os 7 episódios constroem oportunidades e um fundo para o que o oitavo (de dez), deve trazer.

Estão presentes, o humor negro, morte acidental, situações constrangedoras, frio e neve, cenas em estacionamentos, entre outros requisitos básicos que faz parte do universo de Fargo!

Falando de estacionamentos, temos um dos protagonistas dono de uma rede de estacionamentos, vivido por Ewan Mcgregor. Em contrapartida, o ator também interpreta o irmão fracassado, que culpa todo suas falhas em uma troca que ocorreu quando os dois eram novos. A partir daí se desenrola o roteiro, pois o irmão fracassado, Ray, é um oficial de condicional e pressionado por sua namorada, uma ladra em condicional, acaba tentando roubar o selo do irmão.

Emmit, o irmão sucedido, descobre que um empréstimo milionário que pegou alguns anos atrás, na época da crise, não foi de um banco ou credores como pensava. E sim agiotas especializados em emprestar dinheiro para negócios em troca de se tornar sócio, e assim, usar estes negócios para atos ilícitos.

Do outro lado, temos a chefe de polícia, Gloria, interpretada por Carrie Coon, investigando a morte de seu padastro.

É aí que tudo começa a dar errado, a lá fargo, e as três histórias se entrelaçam entre si, algumas observações:

Há um episódio todo voltado para a carreira de escritor de ficção cientifica que o padrasto de Gloria teve. Apesar de eu ter achado fora do contexto, foi interessante assistir esse episódio na mesma semana que assisti um documentário sobre a produção de Blade Runner, no qual contam uma cena de Philip K. Dick visita o set de filmagens e assiste algumas cenas do filme.

Não consegui entender como a personagem de Mary Elizabeth Winstead, Nikki, está viva até agora. Os capangas poderiam ter matado ele em duas ocasiões, mas não o fizeram. Logo no inicio eles executam um velho só porque ele pesquisa o nome do chefe deles na internet!

Houve um link entre a primeira e a terceira temporada, mais precisamente o mesmo ator que faz o assassino mudo da primeira, está na segunda, aparentemente com o mesmo personagem.

Temos um Russo e um Chinês como o capanga de Vargas. Seria coincidencia se o tema do comunismo não aparecesse algumas vezes, como no inicio do primeiro episodio aonde o inicio se passa na alemanha oriental dos anos 70, no retrato de Stalin que sempre aparece quando Vargas usa o computador, ou nas citações do capanga Russo sobre como era a vida na sibéria.

A tensão é maior em cada episódio. Conhecendo a série e o filme, sei que a qualquer momento um personagem pode rodar! Por isso o título “tá ruim e tá bão”, ruim, porque é horrível esperar toda semana para o desfecho, bão porque as cenas são bem produzidas, o roteiro está afiado, a atuação está ótima e sabemos que jajá vai ter uma reviravolta na ação. Os episódios oito e nove, que são os próximos, prometem. Os produtores tem noção disso, pois enviaram na lista de indicados ao emmy, os atores tem noção disso, é crescente a tensão até aonde não há necessidade, tanto da chefe de polícia como dos outros atores, é como se soubessem que algo vai acontecer a cada instante. E os fãs sabem disso, pois conhecendo fargo, será dificil a série errar depois de dois excelentes acertos.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: